Categoria: NOTÍCIAS
07/10

SEVENTEEN vem mostrando sua popularidade na internet, estando na Billboard’s Social 50 por 17 semanas consecutivas!

Na lista do Social 50 para a semana do dia 14 de Outubro, SEVENTEEN tomou o 34º lugar, subindo de sua posição de 38º da semana anterior. Isso significa que SEVENTEEN agora esteve na lista por 17 semanas consecutivas.

De acordo com a Billboard, o Social 50 mostra “os artistas mais ativos nos sites de mídia mais populares do mundo”. A Billboard classifica os artistas da lista usando “uma fórmula misturando a quantidade de seguidores ganhos na semana, junto com visualizações das páginas e quantidade de vezes que suas músicas foram tocadas, de acordo com Next Big Sound.”

A posição mais alta tomada pelo SEVENTEEN no Social 50 até hoje foi 14º, na semana do dia 19 de Agosto. Eles fizeram seu debut na lista em Junho. O grupo tem mais de 2,1 milhões de seguidores no Twitter, e mais de 1,9 milhões no Instagram.

SEVENTEEN está se preparando para retornar com um segundo full álbum, e sua data de comeback foi recentemente confirmada para o dia 6 de Novembro.

Enquanto isso, eles vêm lançando músicas de suas units como parte do “2017 SEVENTEEN Project”, incluindo “Change Up” da unit dos líderes, e “Trauma” da Hip Hop Unit. Um MV da Performance Unit está marcado para ser lançado dia 9 de Outubro, enquanto um da Vocal Unit será lançado dia 16 de Outubro.

Fonte: Soompi

TRAD
ing/pt-br: Gio – Seventeen Brasil


05/10

O SEVENTEEN é o próximo grupo de K-Pop a confirmar sua presença no 2017 Asia Artist Award.

Uma cerimônia de premiação que combina K-Pop e K-Dramas, realizada pela primeira vez no ano passado, o 2017 Asia Artist Awards tem 20 artistas e 20 atores em sua escalação, apoiados por 7.000 pessoas na plateia.

O SEVENTEEN é o segundo grupo de K-Pop confirmando como participantes da cerimônia, junto com o grupo novato Wanna One.

O 2017 Asia Artist Awards acontecerá no dia 15 de Novembro e terá como apresentadores Leeteuk do Super Junior e a atriz Lee Tae Im.

Fonte: Soompi

TRAD
ing/pt-br: Vee – Seventeen Brasil


03/10

SEVENTEEN lançou seu novo videoclipe essa semana!

No dia 2 de outubro, a Hip Hop Unit do grupo – S.Coups, Wonwoo, Mingyu e Vernon – lançou o videoclipe para sua nova música, “Trauma”.

O vídeo é o segundo em uma série de lançamentos, que começou com a unit dos Líderes: “Change Up”. Esses lançamentos antecedem o comeback confirmado do SEVENTEEN para novembro, com seu segundo álbum completo.

Nas próximas semanas, a Vocal e Performance Team irão lançar seus próprios vídeos.

Assista o novo videoclipe do Hip Hop Team abaixo!

TRAD
ing/pt-br: Lais – Seventeen Brasil


27/09

Os líderes das units do SEVENTEEN, S.Coups, Woozi e Hoshi sentaram para conversar com os fãs sobre sua nova música por meio do V Live!

O trio recentemente lançou um MV para sua nova faixa “Change Up” no dia 25 de Setembro e realizou uma transmissão ao vivo no V Live em 27 de Setembro, onde conversaram com os fãs sobre isso.

“Há muitos fãs que perguntaram quando a música será lançada”, disse Hoshi e pediu para Woozi explicar o porquê de ela ainda não ter saído como single.

“Há um significado maior para tudo o que fazemos”, disse Woozi, e os garotos acrescentaram que os fãs entenderão se esperarem um pouco.

c8efada0-b2c8-4158-9f34-3f5c90112344

“Eu ouvi dizer que os Carats gostaram muito da música”, comentou S.Coups, e Woozi disse que estava feliz que os fãs tenham gostado, que (essa música) era algo que ele queria muito fazer.

Os garotos também revelaram que a faixa foi criada num único dia, que depois de trabalharem numa outra faixa, ficaram inspirados repentinamente.

Enquanto falavam sobre o MV, um fã pediu para eles mostrarem a coreografia de “Change Up”. Woozi explicou, “Na verdade, não há coreografia para ela”, e os meninos recriaram, a dança free style que fizeram durante as filmagens.

d78c17f9-bc62-4953-aed4-ab4f222f9929

O trio também comentou sobre como os MVs por unit, que serão lançados logo mais, são considerados anteriores ao mini álbum “Al1” e os descreveram como um capítulo “0,5”. S.Coups sugeriu que os fãs prestassem atenção nas letras desses novos lançamentos para ver como tudo está conectado.

Os meninos, de forma engraçada, ficaram checando com a equipe atrás das câmeras o que eles podiam ou não falar sobre seus futuros lançamentos, e S.Coups e Hoshi brincaram dizendo que não mais iriam escutá-los.

S.Coups também falou sobre como a faixa da Hip Hop Unit virá semana que vem e disse que já eles viram um pedaço do MV. “Acho que é algo pelo qual vale a pena esperar ansiosamente”, ele acrescentou.

A música da Hip Hop Unit para o “SEVENTEEN Project Chapter 0.5: Before Al1” está prevista para o dia 2 de Outubro, com as faixas da Performance Unit e Vocal Unit a serem lançadas durantes as duas semanas seguintes.

Fonte: Soompi e VLive

TRAD
ing/pt-br: Vee – Seventeen Brasil


26/09

Em mais uma amostra de versatilidade, três membros da boy band de K-pop, SEVENTEEN, lançaram a nova música “Change Up” no Domingo (24 de Setembro). S.Coups, Woozi e Hoshi mostraram uma faixa funky swag nesse single, o primeiro de vários que o grupo lançará nas próximas semanas, como parte de seu SEVENTEEN Project Chapter 2 (Projeto SEVENTEEN Capítulo 2).

Misturando o falsete de Woozi com os raps de S.Coups e Hoshi enquanto saem juntos num music video colorido, a comunicativa “Change Up” dá a cada um dos três membros envolvidos tempo para brilhar, algo que o SEVENTEEN foi capaz de fazer incrivelmente bem durante sua carreira, apesar de seu tamanho. Ao invés dos 13 membros serem um estorvo, o grupo prosperou com sua divisão em units (Vocal, Performance e Hip Hop) e conseguiu experimentar com esses sons sem afetar o estilo principal do SEVENTEEN com seus lançamentos que focam em poucos membros.

O trio envolvido no último lançamento — que tem elementos dos estilos trap e hip hop entrelaçados com uma melodia empolgante — são os líderes de cada unit, se reforçando por meio dessa música enquanto prometem que o grupo “(ainda) nem mostrou metade do que pode fazer”.

“Change Up” é o primeiro de quatro lançamentos planejados como parte do Seventeen Project Chapter 2, Before Al1, que segue o álbum de Maio, Al1, intitulado Seventeen Project Chapter 1. O Hip Hop Team lançará sua faixa no dia 2 de Outubro, o Performance Team, em 9 de Outubro e o Vocal Team encerrará tudo em 16 de Outubro. Um terceiro capítulo é planejado para o futuro, segundo a companhia do grupo.

A faixa dos líderes é o primeiro lançamento da boy band desde que trouxeram sua turnê Diamond Edge aos EUA, um de muitos grupos jovens de K-pop que o fizeram esse ano.

Assista ao music video vibrante de “Change Up” aqui:

Fonte: Billboard

TRAD
ing/pt-br: Vee – Seventeen Brasil


24/09

A unit dos líderes do SEVENTEEN (SVT Leaders) lançou um MV para a sua tão esperada música ‘Change Up’.

Nessa semana foi postada uma pequena prévia, e hoje (25/09) o MV finalmente foi lançado. A música tem uma batida dançante e os três artistas puderam mostrar suas habilidades no vocal e rap. No vídeo, Hoshi, Woozi e S.Coups se divertem o tempo todo com esse enquanto parecem espontâneos na frente da câmera.

Fonte

TRAD
ing/pt-br: Dora – Seventeen Brasil


07/09

Nós descobrimos tudo, desde sua agenda agitada a seus hábitos de viagem.

Quando o grupo da Coreia do Sul, SEVENTEEN, anunciou em maio que estariam embarcando em sua turnê mundial Diamond Edge, isso causou uma onda de agitação no fandom (conhecido como CARAT) — particularmente para aqueles na América do Norte, a qual seria a primeira chance de ver um show completo (deles). Para aqueles que não ligam muito, o SEVENTEEN pode parecer ser apenas um grupo de pop, mas eles são multi-nacionais (chineses, coreanos e coreano-americanos), uma entidade multifacetada composta de 13 membros que não apenas se apresentam juntos, mas também são divididos e performam em sub-units focadas no vocal (Seungkwan, Woozi, Jeonghan, Joshua e DK), performance (Hoshi, Dino, Jun e The8) e hip hop (S.Coups, Mingyu, Wonwoo, Vernon).

É essa energia, habilidade e, é claro, implacável desejo de se esforçarem criativavelmente que fez com que seu mais recente, e inspirado em música eletrônica, lançamento, “Don’t Wanna Cry”, dar um passo a diante numa direção diferente. Ele foi muito diferente dos lançamentos anteriores, mas ainda assim disparou nos charts de músicas da Coreia do Sul e do mundo.

Contudo, onde eles realmente brilham são em suas performances ao vivo. E apesar dos desafios que elas podem apresentar num grupo desse tamanho, eles têm impressionado as multidões nos EUA e Canadá. Nós conseguimos pegá-los durante seu período nos EUA e Canadá e no meio de uma agenda agitada, para conversar sobre suas músicas, seu sucesso, os shows e qual membro não gosta muito de voar — sem mencionar as poucas e exclusivas fotos tiradas de alguns dos meninos nesse processo.

KakaoTalk_2017-09-05-00-10-13_Photo_90

Teen Vogue: Apesar de não ser a primeira vez se apresentando na América do Norte, esses são seus primeiros shows solos — tem algo que seja importante, pessoalmente e para o grupo, que vocês gostariam de realizar nessas quatro datas (dos shows)?

JS: O que nós queremos é mostrar o estilo próprio de música e performance do SEVENTEEN às pessoas da América do Norte e espalhar a tendência do Kpop também.
VN: Sempre que nos apresentamos, nossa prioridade é que ninguém se machuque. E até então, acho que fomos bastante felizes nesse quesito! E nós também sempre tentamos compartilhar nossa energia e positividade para o nosso público. Nós ficamos felizes de poder fazer ótimas memórias com nossos fãs da América o Norte também!

KakaoTalk_2017-09-05-00-10-16_Photo_53

TV: Como o SEVENTEEN apresenta mais e mais shows em diferentes cidades e países, deve ser muito especial ser capaz de ter sua família vindo junto. Como é saber que eles estão lá?

SK: No início nós ficávamos especialmente nervosos nos dias em que nossas famílias apareciam. Mas agora parece que ficamos muito mais empolgados por sermos capazes de subir no palco e é uma sensação ótima quando vemos o quão feliz nossa família está depois de ver nossos shows.
JH: Acho que quando minha família está assistindo eu fico um pouco mais nervoso. Isso pode ser porque eu não queira decepcioná-los já que eles me apoiaram desde o começo e sempre torceram por mim quanto a seguir meus sonhos. Quero fazê-los orgulhosos.

KakaoTalk_2017-09-05-00-10-18_Photo_97

TV: O seu EP recente, Al1, foi extremamente bem e “Don’t Wanna Cry” rendeu a vocês seis vitórias nos programas musicais da Coreia… já caiu a ficha o quão bem sucedido esse comeback foi? E como isso faz vocês se sentirem sobre as preparações para o próximo?

DK: Mesmo antes do comeback com “Don’t Wanna Cry”, havia muitos pensamentos passando por nossas cabeças por esse lançamento ter um som muito diferente dos que tínhamos lançado até então. Uma vez que o álbum foi lançado, pareceu que ele estava recebendo muito amor, então foi definitivamente um sinal de alívio. Sempre que estamos preparando um álbum, nós sempre pensamos nos nossos fãs e tentamos ser honestos com nossa música. Para o nosso próximo álbum, continuaremos a mostrar diferentes cores que correspondem ao SEVENTEEN, assim como músicas que podem ser interpretadas por nossas performances únicas. Nós tentaremos o nosso melhor então ficariamos felizes se vocês pudessem aguardar ansiosamente por nossos lançamentos futuros.

KakaoTalk_2017-09-05-00-10-24_Photo_38

TV: A popularidade do Kpop está crescendo nos Estados Unidos e Canadá por muitos anos. O que você acha que é o apelo do SEVENTEEN aos fãs ocidentais e quando se deu conta que seu fandom estava crescendo tanto internacionalmente?

JS: Sempre que fazemos uma live ou conversamos com fãs pelo Twitter tem comentários em diversas línguas sem ser coreano. Acho que desde então percebi que a nossa popularidade crescia. É incrível quando fazemos fansigns e fãs estrageiros dão o seu melhor tentando falar coreano. Nós somos muito gratos e nos sentimos abençoados a todo o esforço que nossos fãs estrangeiros fazem para aprender coreano apenas para conversar conosco.
MG: Há respostas (em transmissões online) na qual os fãs falam seu país e dizem olá, sempre quando vemos essas respostas é surpreendente. O fato que fãs tanto de perto quanto de longe nos conhecem e dizem olá é algo que nos sentimos gratos e prazerosamente surpresos. Penso que a melhor forma de retribuí-los é trabalhando mais duro e preparando melhores performances.
JH: Acho que é por causa de nossa paixão e frescor, o fato de sermos capazes de dar à audiência boas sensações pelas nossas performances é um outro fator.

KakaoTalk_2017-09-05-00-10-26_Photo_23

TV: O que estavam curiosos para ter a experiência na América do Norte? E por que estava na sua lista de afazeres?

WZ: Compras! Aqui têm várias coisas que é difícil de encontrar na Coreia.
VN: Na verdade, fomos a vários lugares durante nosso tempo livre. Em Chicago comemos em uma pizzaria deep dish² de 60 anos e depois fomos ao Chicago Bean. Em LA nós fomos a Fairfax e Beverly Hills, fizemos compras e visitamos algumas galerias. Em Dallas fomos a um parque de diversões! Em Toronto jogamos boliche e em Nove York eu fui à Times Square com meus primos. Espero que possamos experienciar mais coisas quando voltarmos!

KakaoTalk_2017-09-05-00-10-27_Photo_99

TV: Vocês estão escrevendo músicas, ou ao menos escrevendo suas ideias para novos materiais, enquanto estão em turnê?

SC: Nós ainda estamos conversando com o nosso produtor Bumzu. Não somente durante a turnê mas sempre estamos produzindo músicas nas nossas cabeças durante o dia-a-dia.
WZ: Escrevemos músicas como hábito então mesmo durante a turnê sempre escrevemos novas músicas, mas não podemos lançá-las ainda então continua segredo!

TV: A Diamond Edge Tour possui uma setlist que abrange toda a carreira de vocês, porém qual sua música preferida de performar?

DK: Acho que a música que queremos mostrar mais é Don’t Wanna Cry. Eu e o Jeonghan temos um solo na dança no início. Nós adoraríamos se vocês pudessem aproveitar a apresentação porque praticamos muito para isso e é a música que temos mais oportunidade de mostrar nossas habilidades tanto cantando quanto dançando. Escolho ela por ser, provavelmente, a música que permite as pessoas se concentrarem melhor.

mainsvt

TV: Ok, agora vamos para as perguntas-respostas rápidas! Qual o membro gosta de voar (de avião) menos?

WZ: S.Coups. Surpreendentemente, ele tem medo de várias coisas.
JS: S.Coups, porque ele fica enjoado no avião e assustado durante turbulências.
DK: Não é que eu odeie aviões, mas meus ouvidos doem quando vôo.
SK: Eu.
HS: Wonwoo.
JH: S.Coups.
SC: Eu e o Wonwoo.

TV: Qual membro mais gosta de ser turista?

SK: Mingyu, The8 e DK.
MG: Eu!
WZ: The8 junto com o Mingyu.
HS: The8 e Mingyu gostam de aproveitar a atmosfera particular de um país enquanto estão nele.
JS: Mingyu e The8. Não teve uma vez nessa turnê em que os membros não tenham ido em algum atrativo turístico e eles não tenham tirado múltiplas fotos de tudo.
DK: Eu realmente gosto de ir a qualquer lugar, como o Seungkwan, Mingyu, The8… acho que somos os membros mais aventureiros.

TV: Quem mais sente falta de casa?

SC: Eu.
JH: Dino.
JS: Não acho que nenhum membro sinta, estamos sempre viajando.
MG: Acho que o Joshua tende a sentir falta de sua cidade um pouco.
SK: Eu e o Dino.
DN: Eu.

TV: Qual membro sempre perde suas coisas? E qual a última coisa que ele perdeu?

JH: DK. A última coisa foi seu fone de ouvido.
HS: Dino!
SK: Dino.
WZ: DK é o melhor nisso. Dino também perde um monte de coisas.
DK: Eu deixo as minhas coisas para trás bastante, mas esses dias estou tentando bastante não perder nada.
DN: Recentemente perdi meu passaporte e quase chorei.

TV: Finalmente, qual item vocês absolutamente não podem ficar sem enquanto viajam?

JS: Preciso do meu celular para conseguir seguir a agenda e ouvir música no caminho.
MG: Meus membros. Recentemente o Hoshi não pôde participar de um dos nossos show por causa de problemas de saúde e com uma pessoa faltando me senti extremamente vazio. Apesar de sempre estarem do meu lado, não poderia ficar sem eles.
VN: Meu celular! Mas tenho certeza que essa é a resposta de todos.
DK: Fone de ouvido. Música sempre me acompanha nas viagens.

Fonte

¹ Triple Threat é uma expressão usada para uma pessoa (ou grupo) que se destaca no canto, atuação e dança.
² Deep Dish é uma pizza tradicional de Chicago feita e servida numa panela funda.

TRAD
ing/pt-br: Bia e Vee — Seventeen Brasil


07/09

O Mingyu provou suas habilidades ao aparecer pela primeira vez como ator em um sitcom tailandês. Vamos continuar trabalhando nas suas habilidades para os Carats.

P. Você está atuando em “Luang Ta Mahachon” e é o primeiro membro do SVEENTEEN a ter atividades fora do país. Como você se sente e por que decidiu fazer isso?
MG: Eu estou muito honrado e acredito que é uma grande oportunidade. Quero dizer obrigado ao diretor, mostrarei o meu melhor. Eu decidi fazer isso pois estive muito interessado em atuação desde o debute e se eu tiver uma chance, quero tentar todas as oportunidades agora e aceitá-las imediatamente.

P. A personagem do sitcom que você está atuando é um idol “Mingyu do SEVENTEEN”. A personagem é diferente ou igual a você?
MG: Eu tive a chance de encontrar com o diretor antes. Eu entendi que o diretor tentou me fazer entrar na personagem e eu me senti muito grato a ele e acho que não teremos muitos obstáculos apesar dessa ser a minha primeira vez porque serei eu mesmo o máximo possível.

DIkk0p6UIAAIAly

P. Qual a dificuldade em ser você mesmo e o que você mais quer mostrar?
MG: Essa é a minha primeira vez com a personagem Mingyu então “SEVENTEEN” também vai junto no meu nome. Senti que deveria fazer o melhor pelo bem dos membros, do nosso grupo e para mim mesmo. Eu tentarei mostrar o melhor.

DIklUjrVAAIiuAy

P. Você teve algum preparo especial para o sitcom?
MG: Eu li o roteiro muitas vezes, mesmo não entendendo tailandês, eu queria tentar atuar com expressões emocionais e sentir mais. Me preparei para falar baseado no roteiro e me preparei para atuar baseado no meu estilo (risos) então tentei imaginar com uma expressão emocionada na minha cabeça, nas falas como “olá”, “eu não roubei”, “estou desenhando” e “delicioso”.

P. Você tem vários talentos como cantar, dançar e tocar. Se voc~e pudesse ter outro, qual seria?
MG: Se eu tiver uma chance dessa vez, quero mostrar minha melhor atuação (risos) porque é a minha primeira vez.

DIkmSjxUQAALsmc

P. Agora que você é um Idol famoso e recebe muito amor, como você se sente?
MG: Eu me sinto tão feliz e agradecido por todos que me amam tanto assim, e eu acho que aconteceu bem mais rápido do que eu pensava, já que tivemos nossa estreia há pouco tempo, então isso me deixa feliz e me faz perceber que eu quero trabalhar cada vez mais duro para os nossos fãs. Eu quero ser um cara justo que retorna o amor que foi dado a mim pelos meus fãs. Eu tentarei ser alguém que é merecedor do amor de todo mundo.

DIkm4G8UMAAo_wA

P. O quanto você acha que mudou?
MG: Eu acho que mudei positivamente. Estou focado, fui mais responsável e me dediquei mais a esse trabalho.

DIknTc-UQAAEYSL

P. O que você gostaria que os outros pensassem ao ouvirem ‘Mingyu’?
MG: Eu quero que as pessoas pensem em mim como uma boa pessoa, uma pessoa que todos adora, um garoto animado e que bota esforço no que faz.

P. Você tem um lema na sua vida?
MG: Meu lema é ser feliz todos os dias e a cada segundo da minha vida. Eu quero ser feliz com tudo que faço, porque se fizemos algo que não gostamos, nos sentiremos sufocados, certo? Mas se pensarmos positivamente que isso é algo que gostamos, nos fará feliz, não é? Não importa o que aconteça, não importa o resultado, (se pensarmos positivamente) nós, ainda sim, estaríamos satisfeitos com o que fizemos e com o que aprendemos disso. Eu sempre pensarei positivamente.

DIkoQzPVwAAfb-Z

P. Tem algo na vida que você queira fazer e ainda não fez?
MG: Muito. (sorri) Mas se eu tivesse que escolher agora, escolheria viajar sozinho ou com os membros. Sem ter que me preocupar com o trabalho.

P. Falando sobre a Tailândia, o que mais te impressionou aqui?
MG: Na verdade, essa é a minha terceira vez na Tailândia. Se estivermos falando dos fãs, eu sempre pensarei nos fãs nos esperando no aeroporto. Porque eu fiquei chocado. Já que eu vim sozinho, eu não pensei que teriam fãs me esperando quando eu chegasse. Quando eu passei pelas estradas, eu vi muitas barracas de comida e lojas também.

P. Qual foi a coisa mais impressionante ou inesquecível desde o seu debut?
MG: Tem muitas! (sorri) Fico impressionado facilmente e também bem tocado quando encontro os fãs nos shows. E também nos fan meetings. De como nos tornamos próximos uns dos outros e todos os fãs que cantam as músicas juntos conosco. Honestamente, quando venho aqui eu me lembro dos fãs tailandeses cantando alegremente e cantando muito alto. Estou muito empolgado para encontrar os fãs durante a Diamond Edge para que dessa vez eu possa mostrar a eles tudo o que tenho numa casa de show maior do que o da última vez!

P. Nós temos o Songkran, que ocorre durante o clima mais quente (em Abril) e realizamos um festival.
MG: O meu aniversário é em Abril. Se eu tiver uma folga, tentarei vir aqui.

P. O que você acha do significado de “Carats” e “Carats tailandeses”?
MG: Toda vez que venho aqui eu recebo muito amor. Sinto que o amor dos Carats tailandeses por mim e isso me faz pensar, “Eu sou bom o bastante para esse amor todo ser dado a mim?”. Contudo, por causa desse amor todo, noto que eu deveria dar mais de mim e retribuir esse amor me dado. Trabalharei mais duro para me desenvolver também.

pingu

P. Qual o prato que você acha que cozinha melhor?
MG: Na verdade, muitas pessoas dizem que eu cozinho bem e me sinto confiante quanto as minhas habilidades culinárias. (sorri) Mas quando me perguntam desse jeito, eu não sei o que cozinho melhor, então se tivessemos uma chance, faria um ensopado de kimchi para vocês.

P. Se você tivesse a chance, qual seria o cardápio que você faria para os fãs tailandeses?
MG: Eu quero tentar cozinhar samgyeopsal, porque a é primeira coisa que sempre como na Coreia depois de viajar para fora do país.

Fonte

TRAD
tai/ing: OdongGyu
ing/pt-br: Du, Bia e Vee – Seventeen Brasil


07/09

Os arquitetos responsáveis pelo prédio da Pledis Entertainment foram premiados com o prêmio da “Competição de Arquitetura de Remodelagem Coreia”!

A competição foi feita pela Associação de Remodelagem da Coreia. Quaisquer prédios que foram remodelados entre o período de 1º de Janeiro de 2012 a 20 de Julho de 2017 foram considerados participantes da competição, e a Sangji Engineering Architecture foi premiada por remodelar o prédio da Pledis Entertainment.

Originalmente, o prédio tinha um restaurante no térreo, e espaço para escritórios nos 1º e 2º andares. O prédio foi remodelado para abrigar uma nova estrutura de 3 andares, incluindo um elevador, salas de dança e estúdios de gravação para a Pledis Entertainment.

Você pode checar o antes e depois abaixo.

misc_1504667442_1

Fonte

TRAD
ing/pt-br: Vee – Seventeen Brasil


02/09

Se a ideia de uma boyband de 13 membros tomando o palco do Terminal 5 em Nova York não soa realista, o SEVENTEEN apareceu para provar o quão possível (e divertido) um show assim pode ser e, ao mesmo tempo, mostrar que suas metas vão muito além de lotar a venue mediana.

Para seu show debut em NYC na noite de domingo (27/08), que também serviu como última data de show nos EUA da turnê mundial Diamond Edge, os membros apareceram no palco com suas silhuetas sendo iluminadas por luzes rosa e azul no telão de LED. Em instantes, o palco inteiro se iluminou, revelando cada membro da banda com seu terno de cores diferentes, o primeiro passo tomado para estabelecer as identidades unicas entre os membros. Logo com os primeiros números, os extravagantes “Pretty U”, “Beautiful” e “Adore U”, o grupo se mostrou determinado a distinguirem-se do Seventeen que os fãs estão acostumados a ver na TV, acrescentando detalhes divertidos nas coreografias e modo com que cantavam as músicas, tudo enquanto ainda se mostravam coesivos uns com os outros.

Após mostrarem performances marcadamente sincronizadas de “Still Lonely” e a divertida “Very Nice” (com vários woah’s acrescentados), os meninos começaram a mostrar seus diferentes talentos em grupos menores (ou “sub-units”), conhecidos como Hip-Hop Unit, Vocal Unit e Performance Unit.

Esse último foi o primeiro a se apresentar, os membros Jun, Hoshi, The8 e Dino apresentando uma interessante coreografia de “Swimming Fool” de seu último álbum, Al1. E não seria a única vez que o quarteto maravilharia o público, com os high-kicks de Highlight atuando como ponto principal da mais impressionante performance da noite.

As units se provaram um ponto importante ao acrescentarem uma variedade inovativa ao show, o público podia pular e gritar junto com a Hip-Hop Unit enquanto Vernon, Wonwoo, Mingyu e um S.Coups particularmente animado apresentavam suas mixtapes e lasers brilharam por cima de todos que assistiam. O público também foi satisfeitamente serenado pela Vocal Unit (Woozi, Seungkwan, Jeonghan, Joshua e DK) com as emotivas We Gonna Make it Shine e Habit. Os meninos ainda ofereceram junções inesperadas quando Jun e The8 – os dois membros chineses do grupo- performaram seu dueto My I com uma coreografia cheia de toques interessantes como ginástica e um longo tecido conectando os dois meninos, fazendo da performance o momento mais fascinante do show.

Apesar dos diferentes sentimentos transmitidos durante a noite – conectados pelos maravilhosos vídeos mostrados no telão entre os vários atos – o show ainda se mostrou extremamente coesivo. Por fim, as performances mais destacadas da noite foram as músicas apresentadas pelo grupo inteiro, como “Rock” e “Chuck”, e o mais recente single “Don’t Wanna Cry” que recebeu os gritos mais altos da noite toda.

Os membros também se mostraram perfeitamente sincronizados enquanto diziam seus adeus ao público com praticamente todos os meninos expressando que gostariam de voltar a se apresentar em Nova York (“Definitivamente voltaremos” o nativo nova-yorkino Vernon disse ao público antes de Mingyu falar sobre “a próxima vez que nos encontrarmos”), enfatizando um show ainda maior e mais impressionante no futuro (Wonwoo previu que verão os fãs em um “lugar maior e melhor”).

Assim, a mensagem por trás dos planos para o futuro do SEVENTEEN pode ter se mostrado quando Hoshi expressou seu espanto ao ver tantos fãs de K-Pop e suas esperanças para que o K-Pop vire um fenômeno mundial “algum dia”. O show de Nova York mostrou como esse grupo não é apenas um passageiro na Korean Wave que vem tomando o mundo, e que é um grupo com muitos a mostrar e metas muito maiores a alcançar. E com esse debute esgotado em NYC, essas metas se mostram cada vez mais perto de serem alcançadas graças ao incrível foco que eles possuem em seus estilos de performance individuais e multifacetados.

Fonte

TRAD
ing/pt-br: Gio – Seventeen Brasil